Mostrando postagens com marcador Pérolas. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Pérolas. Mostrar todas as postagens

sábado, 4 de fevereiro de 2012

0

Como é que é?

Segurado apresenta um requerimento recebido por um servidor para o servidor que está na triagem distribuindo senhas.

Coincidentemente, o servidor que havia recebido estava no guichê ao lado e começa a prestar atenção na conversa ao perceber que havia sido ele a receber o papel.

Nisto, como o colega da triagem estava tendo dificuldades em entender do que se trata, entra na conversa.

Servidor 01: O que ele precisa?

Servidor 02: Não sei ainda…

Servidor 01: Meu senhor, o que você precisa?

Segurado: Não sei, não. O gordinho lá do fundo que mandou eu voltar aqui hoje.

Nisto, o servidor “gordinho” responde:

Servidor 01: Meu senhor, o gordinho sou eu!!!

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

0

Novo tipo de benefício

Segurado adentra na APS e apresenta um papel escrito:

“Comprar 30 fraldas geriátricas”

Nisto, pergunta para o servidor:

Segurado: Vocês dão?

Servidor: Não senhor. Não é com o INSS.

Segurado: Tem certeza? Não tem nenhum benefício pra ganhar fraldão não?

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

0

PEP - neologismo

O instituto possui o Programa de Educação Previdenciária – PEP, no qual executa palestras para a sociedade em geral.

Um servidor, em sua apresentação para uma quantidade enorme de servidores, solta esta:

Palestrante: Nós do PEP fazemos um trabalho importantíssimo para a sociedade. Me sinto muito feliz por ser um pepiano (sic)!

Após a criação do neologismo, lá no “fundão”, um servidor pergunta para o do lado:

Servidor: Meu, por que que ele tá falando peniano (sic) lá na frente? O que tem haver com a palestra? (risos)

sábado, 3 de dezembro de 2011

0

Muita Democracia

Causo ocorrido numa pequena agência no interior do nordeste brasileiro, em um dia bem tranquilo:

Segurado chega de muletas à mesa de atendimento. Após os procedimentos no sistema, o servidor informa que acaba de agendar o pedido de prorrogação e fazer a transferência do benefício para aquela localidade.

Eis o diálogo:

Segurado: Caramba! Aqui é muito rápido!

Servidor: É. Hoje, graças à Deus, está tranquilo. Vejo aqui que você fez perícia em "Capital de um estado”. Capital deve ser bem complicado pela quantidade de gente.

Segurado: Sim. Rapaz, lá tem muita gente para fazer perícia. Mas isso nem foi o problema. Imagina que eu, de muletas, tive que ir em duas agências pois o pessoal lá cada hora me pedia uma documentação diferente. Uma democracia do car()!#* !!!

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

0

Eficácia

No processo de aposentadoria por tempo de contribuição com análise de atividade insalubre, o servidor faz a seguinte exigência:

“Informar a eficácia da tecnologia de proteção individual, item 15.9 do PPP apresentado”.

Ao que o segurado apresenta a seguinte “declaração” em resposta:

“Declaro a quem possa interessar que jamais trabalhei em uma empresa chamada Eficácia da Tecnologia Individual”.

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

0

A importância da “ponta”

No INSS, a “ponta” é a agência da previdência social, responsável por efetivamente cumprir a missão da instituição, atendendo o público e tendo o contato com a sociedade.
Num encontro de gestores, dizem que várias foram as falas sobre a importância da “ponta” para a instituição.
Seguem alguns registros:
1) “Vocês que estão na ponta que fazem o INSS acontecer”.
2) “São vocês que cuidam da ponta”.
3) “É um prazer estar na ponta e fazer justiça social neste país”.
4) “Quando os indicadores não estão bem, estão no vermelho, é quem está na ponta que resolve”.
5) “Vocês são líderes em suas comunidades. Vocês que estão na ponta que tem contato com a população”.
6) “Gerir é cuidar do servidor, do cidadão e da unidade. Em outras palavras, para vocês que atendem público, gerir é cuidar da ponta”.
7) “O INSS não é nada sem a ponta”.
8) “Na ponta, é importantíssimo o gestor ter visão 360 graus”.
0

Novo indicador de desempenho

Após a apresentação dos indicadores de desempenho 2012, o servidor sai com esta:
Servidor: Olha, acho que você deveria sugerir a criação do I. M. EN.
Depois das risadas corriqueiras, segue a continuação da piada:
Gerente: Vamos lá. Desenvolve o que é o I. M. EN pra galera terminar de rir.
Servidor: É o Índice de Medida da Entubada – I. M. EN.. Se a entubada for muito forte, você pode gritar pra Brasília:
“Pára de entubar senão vai estourar o I. M. EN da agência”
0

Cadastro Único

O governo federal possui o Cadastro Único dos Programas Assistenciais, também conhecido como CadÚnico.
É bom lembrar que o Registro Geral – R. G., o Cadastro de Pessoa Física – C. P. F., entre outros, obedecem o padrão de iniciais.
Como vocês podem notar, diferente das demais siglas utilizadas pelo governo, este não levou na sigla as iniciais da palavra, que seriam: C. Ú.
Um servidor, ao saber que teria que verificar se o segurado possui Cadastro Único para que o segurado de baixa renda possa contribuir para o INSS na alíquota de 5%, não aguenta e pergunta para o gerente da unidade:
Servidor: Eu vou ter que pedir para ver o C. Ú. do segurado?
0

Guarda-chuva

A servidora estava ajudando a segurada a escrever o nome, soletrando letra por letra.

Servidora: - Agora vem o J.

Segurada: - Essa eu esqueci, como é mesmo que ela é?

Servidora: - É o cabo do guarda-chuva.

A segurada ficou pensativa por um momento depois perguntou:

- Guarda-chuva aberto ou fechado?

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

0

Secagem dos documentos

Servidora inicia o atendimento e verifica que uma pilha de documentos trazidas pelo segurado estava com pequenas marcas, como se tivessem sido queimadas, tanto na parte de cima quanto na parte de baixo.

Como se tratavam de documentos que o segurado iria necessitar (requerimento da empresa, laudos médicos, etc) acabou ficando curiosa e pergunta:

Servidora: Moço, desculpa perguntar, mas o que aconteceu com seus documentos?

Segurado: Ah, é que eles molharam. Aí eu fui secar no microondas. Mas eu esqueci de tirar os grampinhos e eles pegaram fogo! (risos)

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

0

A culpa é da norma

Segurado insatisfeito com o indeferimento do benefício conversa com o servidor:

Segurado: Olha, queria que o senhor me explicasse porque meu benefício foi indeferido.

Servidor: É que o período insalubre do senhor não pode ser considerado.

Segurado: Mas por que não?

Servidor: Porque não tá de acordo com o que a norma diz…

Segurado: Então chama a dona Norma pra ela me explicar o que ela quer pra considerar meu período insalubre!

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

0

Qualificação

Procurador comparece na APS e apresenta o seguinte instrumento de procuração:
Qualificação:
Fulano de tal, RG XXXX, CPF XXXX, istudante de dereito, devorciado, etc.
Ao ser perguntado sobre seu futuro profissional, afirma:
Procurador: Vou ser adevogado! Assim que terminar a faculdade vou tirar minha OB!!!
by Rosangela

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

0

Mais uma do "CNIS”

Segurado ao ser atendido na triagem inicia o diálogo:

Segurado: Olha, preciso do meu QUINIZO !

Servidor: O senhor precisa de quê?

Segurado, do “tipão meio bruto”, responde:

Segurado: Sabe. O documento lá para sacar meu PISO !

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

0

Dicionário Parte II

“Onde que eu tiro o meu piso?” = PIS (agora se quer realmente tirar o piso, faça isso com o da sua casa)

“Onde eu pego a segunda via da carta da Conceição?” = CONCESSÃO (ou pode procurar aquela ex namorada de nome Conceição e pedir que ela te escreva uma nova carta)

“Como eu faço para ser o Curandeiro do meu irmão?” = CURADOR (sugiro nesta situação que vá a um terreiro).

“Eu vim pegar o papel pra viajá.” Até aí a gente entende que ele precisa das telas do INFBEN e HISCRE só que em seguida vem o complemento: “Moço, eu vou para Curitiba, o senhor dá passagem pra lá também?” (E eu nem sabia que o INSS tinha parceria com as rodoviárias!!!!!)

Moço o meu benefíçu está bronquiado. = BENEFÍCIO BLOQUEADO (nesses casos a minha dúvida é se o benefício está com bronquite ou se está chateado com o segurado)
Eu vim aqui hoje tirar o hiscrepe. = HISCRE (essa foi uma procuradora que vivia na APS mas que nunca aprendeu a pronuncia correta, pensei que ela quisesse um “Hiscrepe suíço”


Após a segurada receber a notícia de que sua perícia foi indeferida, eis que ela se levanta, começa a bater na mesa do atendente e gritar para todos no salão ouvirem “Eu sabia, eu sabia, o governo está me usando como bode respiratório!!!”. Na ocasião, logo visualizamos a imagem de um bode asmático, fazendo inalação, ou ainda, um bode estilo Darth Vader....

E o Cadastro Nacional de Informações Sociais? Esse então é o mestre dos mestres das gafes cometidas pelos segurados, já vi inúmeras anotações até hoje das mais inusitadas, vamos a alguns exemplos: QUINIS, KENIS, SENIS, QUENES, SCNIS (???), e teve uma vez que estava assim KNZ onde cheguei a pensar que fosse nome de banda musical, imagine “Com vocês agora o KNZ”......
by Laert

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

0

Dicionário

Para você que toda vez que vai para a triagem ou para o OI tem dificuldades em entender o segurado, damos algumas dicas:

Problema com o cartão magnésio = Problema com o cartão magnético.

Pagar anônimo = Pagar autônomo.

Pagar antônimo = Pagar autônomo.

Problema no pãnquis = Problema no pâncreas.

Papel pra viajar = Histórico de Créditos.

Papel do meu pagamento na Horizontal = Histórico de Consignações.

Encostar = Receber benefício por incapacidade.

Prótex do Joelho = Prótese do joelho.

Problema na glavícula = Problema na clavícula.

Carneirinho = Carnêzinho.

Pegar o SI NIS – Pegar o CNIS.

Pegar o papel da minha carteira de trabalho: CADPF pra levar pro PAT.

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

0

Teto mata !

Durante a habilitação de um pedido de pensão:

Viúva: - Coitado do José, morreu de teto:

Servidora: - Teto? Como assim, ele caiu do telhado?

Viúva: - Não, pisou num prego enferrujado...

domingo, 30 de outubro de 2011

0

Pino para geladeira

Uma senhorinha entrou na agência, não pegou senha e foi logo na direção da servidora.

Senhorinha: -A senhora vende pino para geladeira?

Servidora: - Como?

Senhorinha: - Eu preciso de um dos grandes.

Servidora: - Senhora, aqui é uma agência do INSS, nós não vendemos peças para
geladeira.

Então a senhora, apontando para o corredor que vai para a perícia perguntou:

- E para lá, tem alguma loja que venda pino para geladeira ?

sábado, 29 de outubro de 2011

0

Atraso justificado

Segurado que chegou atrasado para o seu agendamento e foi orientado a remarcar o pedido, pede para falar com o gerente.

Eis sua justificativa:

Segurado: Moço, o senhor precisa me ajudar. Eu não tive culpa em chegar atrasado. Foi o microondas (microônibus) que demorou pra passar no ponto de ônibus e por isso a gente não chegou…

terça-feira, 25 de outubro de 2011

1

Chama o Valdir!

Segurado ao ler a carta de indeferimento de seu benefício, assinada pelo presidente do INSS, Sr. Valdir Moysés Simão, pede para falar com o servidor.

Eis o diálogo:

Servidor: Pois não, senhor. Em que posso ajudá-lo?

Segurado: Olha, não concordo com essa carta não. Chama o Valdir aí dentro para ele me explicar porque que ele indeferiu meu benefício!

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

1

Apressadinho e confuso

Um segurado que teve sua aposentadoria concedida na hora não se conformava em não receber seu dinheiro imediatamente. Foi informado de que deveria esperar, em casa, a carta de concessão, emitida pela Dataprev, indicando o dia em que seu pagamento estaria disponível.

Não conformado com a situação, ia todos os dias à agência requerer o tal documento e sempre ouvia a mesma explicação: tinha que esperar pela carta de concessão emitida pela Dataprev.

Um dia, revoltado, falou bem alto:

Segurado: E qual é essa data prévia que a tal de Conceição marcou? Nem isso vocês podem me dizer?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...